Burlões das “notas novas” atacam no Minho

VISITE-NOS

Quer ser visto por milhares de pessoas todos os dias?

07
Aug

Artigos

Burlões das “notas novas” atacam no Minho

Barcelos, Fafe e Guimarães. Estes são os três concelhos onde houve queixas, junta da Guarda Nacional Republicana (GNR) devido a burlas com o pretexto de “troca de notas”.

No total, e só nestes três casos, a burla “das notas novas” levou 4600 euros em menos de 72 horas. Segundo apurou O MINHO junta da autoridade, o último caso deu-se em Moure, freguesia do concelho de Barcelos.

Uma idosa com 77 anos foi abordada perto da residência. Dois indivíduos, bem-falantes e boa apresentação, disseram à septuagenária que estavam “ao serviço da junta” para proceder à troca de notas.

A vítima acabou por entregar 400 euros, da reforma, e um fio de ouro que a idosa deu para pesar.

Crime em tudo idêntico aos casos de Fafe e Guimarães, mas aqui com quantias muito maiores.

Em Moreira de Cónegos, os dois homens – que se julga ser os mesmos – afirmaram ser da Segurança Social quando abordaram mulher com 85 anos. A vítima, e depois de ter sido convencia à troca, entregou três mil euros.

Já em Revelhe, concelho de Fafe, a vítima, com 81 anos, entregou 1200 euros, assim como várias peças de ouro.

Nas três situações os burlões “das notas novas” fizeram-se transportar numa viatura clara.

fonte da notícia: o minho

share div

gosto